gpfDOZE
e meio.

sábado, junho 03, 2006

where's the writings on the wall? - engraçado. cada vez que eu escrevo alguma coisa aqui e salvo para postar ou complementar no futuro, eu apago misericordiosamente. que eu sempre escrevi bosta, eu sei, mas faz tempo que eu não me via assim em conflito comigo mesmo. talvez seja a idade, talvez seja a iminência dos 21, talvez seja o simples fato de voces lembrarem que eu só costumo escrever aqui em situações bem especificas e, só até aqui, já escrevi mais do que nos ultimos dois posts.

fazia tempo que eu não parava em santos por mais de dois dias. isso porque, quando eu não fico em sampa duas semanas seguidas - ainda nao tive a proeza (e nem sei se quero) de ficar tres semanas por lá - estava vindo para santos sábado na hora do almoço, o que comia consideráveis horas do meu final de semana. uma reunião cancelada nessa sexta foi o ticket para voltar ao que parecia ser um final de semana chuvoso na praia e, olha! o sol esteve comigo o tempo inteiro. o lado mau disso tudo é que eu lembrei como é gostoso ficar afastado de tudo o que é trabalho, então devo levar comigo hoje no peito aquela sensação triste da síndrome de segunda adiantada (costumeira também naqueles domingos pós-Sai-de-Baixo e despedidas de Curitiba).

a reunião, aliás, é produto de todo esse semestre de engenharia escolhida. não bastou a definição de, enfim, chegar à eng. naval e me tornar um pirata, fui correr atrás de uma iniciação científica para ver se eu começava a me dedicar a alguma coisa. dois meses (!) já se passaram e alguns mais por vir... firmes e fortes, se tudo correr bem - aliás, correr bem é até uma ironia para quem semana passada, pela primeira vez na vida (Santos não tem ladeiras, tá?), desceu em um campeonato de carrinhos de rolimã. meu pulso e meu joelho já estão nascendo de novo, obrigado.

teve também a organização e realização do forró da naval, quase um mês atrás. nos fodemos, mas curtimos - foram muitos os que sobreviveram à quase-chuva do nosso arrasta-pé, que só não cresce mais porque caseiro é seeempre melhor! esse semestre rendeu bastante, já... deixo a interpretação livre, mesmo que eu saiba que o meu conceito de render seja bem mais humilde que o de vocês.

mas, já dizia o ditado... foi quase.

11:57 AM.

 

 

/// comentários [4]

Blogger unk, 11:40 PM \\\

Muito, pouco... Rendeu rendeu!

Anonymous Bio, 7:25 PM \\\

No one ever told me I was gonna get older
Turned 21 and I thought my life was over
Took a long time to get where I am now
And I?m not gonna sit around wondering how, no!



Há um pouco mais de filosofia em Suicide Machines do que se espera. :P

Abraços!

Anonymous Alex, 7:06 AM \\\

foi quase!

Anonymous Flora, 7:57 PM \\\

uma vez me disseram q vc escrevia bem...nem prestei mta atenção..mas depois desse post seu...meus conceitos mudaram...caramba viajei nesse texto..desabafo total!!
beijos

Postar um comentário || Home

gpf, by billy.